III Conferência “Fazemos Bem” aborda o setor terciário 03.12.2014
-


A III Conferência "Fazemos Bem - Setor Terciário" vai decorrer na EXPONOR, no Cento de Congresso e Negócios, no dia 10 de dezembro. É aberta à participação de todos os interessados, mas está sujeita a inscrição para o endereço marketing.jn@jn.pt. Inteiramente dedicada ao comércio, turismo, transportes e atividades financeiras, a conferência tem como oradores principais Sandro Mendonça, economista e professor catedrático no ISCTE – IUL e Rui Meneses e Sousa, professor catedrático na Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica do Porto, imediatamente após a sessão de abertura, com Afonso Camões, diretor do Jornal de Notícias e Paulo Nunes de Almeida, presidente da AEP – Associação Empresarial de Portugal.

A III Conferência “Fazemos Bem” inclui ainda um debate com um painel, moderado por Afonso Camões, em que participarão responsáveis de importantes instituições do setor, nomeadamente Nuno Botelho, presidente da Associação Comercial do Porto, João Vieira Lopes, presidente da Confederação de Comércio de Portugal e António Jorge Costa, presidente do Instituto do Planeamento e Desenvolvimento do Turismo, estando a sessão de encerramento a cargo do presidente do Infarmed, Eurico Castro Alves.

A EXPONOR é uma das empresas patrocinadoras do “Fazemos Bem”, um projeto do Jornal de Notícias (JN) para dar a conhecer empresas de grande sucesso com boas ideias, práticas e estratégias nascidas no Norte. Os temas abordados foram a inovação e a capacidade de reinvenção de empresas que ultrapassam a adversidade e conseguem diferenciar-se pela positiva.

Em três etapas, o projeto “Fazemos Bem" retratou, todas as segundas feiras no JN, em papel e digital, cada um dos diferentes setores de atividade. O setor terciário esteve em evidência desde setembro, com marcas do comércio, turismo, transportes e atividades financeiras. Antes, entre junho e setembro, foi o setor secundário a estar retratado, com “case studies” da indústria transformadora, da construção e produção de energia, depois da primeira etapa, entre março a junho, em que foi o setor primário o abordado, com um “showcase” de empresas de agricultura e indústria agroalimentar. Em todas as etapas foram apresentadas ideias, práticas e estratégias nascidas no Norte do país.

Consulte aqui o programa.



Fonte: EXPONOR
<< voltar