Líderes ibero-americanos de feiras debatem futuro do setor na EXPONOR 14.06.2012
A EXPONOR – Feira Internacional do Porto recebe a 22 e 23 próximos a 11.ª edição do Congresso da União de Feiras Ibero-Americanas (UNIFIB), numa organização conjunta da Associação Portuguesa de Feiras e Congressos (APFC), da Associação de Feiras Espanholas (AFE) e da Associação Internacional de Feiras da América Latina (AFIDA).


O evento, que pretende estimular a análise e o debate em torno do estado da indústria internacionalmente conhecida como MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Events), leva à tribuna do Auditório B4 do Centro de Congressos da EXPONOR uma dúzia de perspetivas, reflexões e prospetivas, pelas vozes de alguns dos principais líderes e especialistas ibéricos e latino-americanos do setor (toda a informação disponível em www.unifib2012.org).

Entre eles encontrar-se-ão Arie Brienen, presidente da Global Association of the Exhibition Industry (UFI), Adrian Barrick (diretor-executivo da UBM, empresa líder ao nível mundial na organização de feiras), Didier Scaillet (vice-presidente da Meetings Professional International), Mark Eddy, (diretor de ventas da Global Experience Specialists), Maria Martinez, diretora da IFEMA (Feira de Madrid) e Juan Puchalt (Feira de Barcelona). Domingos Meirelles, diretor da EXPONOR Brasil, é outro dos oradores.

A jornada de trabalho ocupará todo o dia 22 e a manhã de 23, e centrar-se-á na atual condição da atividade, no posicionamento dos eventos no mercado internacional – aproveitando sinergias culturais, linguísticas e ambientais – e na descoberta da incorporação de fatores de inovação nas realizações. O momento servirá igualmente para abordar casos de sucesso e insucesso, com o intuito de apontar caminhos a seguir, estratégias a adotar e metas a atingir.

O congresso da UNIFIB conta com uma componente importante de “networking”, junta participantes de todo o mundo e prevê um programa social intenso não só no Porto, mas também extensivo às cidades de Braga, Viana do Castelo, Guimarães e, igualmente, ao vale do Douro.

Fonte: Exponor
<< voltar